Search

Search content of the knowledge base.

The search found 1 result in 0.014 seconds.

Search results

  1. Pedro Xisto

    Pedro Xisto Pereira de Carvalho (Limoeiro PE 1901 - São Paulo SP 1987). Poeta, ensaísta, jornalista e professor. Ainda criança muda-se com a família para o Recife. Após concluir o curso de direito, em 1920, transfere-se para São Paulo. Em 1957, começa a escrever críticas literárias para o jornal Folha da Manhã, quando percebe a singularidade do trabalho dos poetas Décio Pignatari (1927), Augusto de Campos (1931) e Haroldo de Campos (1929 - 2003), que formam o grupo Noigandres, de poesia concreta. Os textos que Xisto produz nessa época estão reunidos no livro de ensaios Poesia em Situação, de 1960. Nesse mesmo ano, estréia na poesia com Haikais e Concretos, no Brasil, e com 8 Haikais, no Japão, e colabora com o grupo Invenção, formado pelos poetas do Noigandres e outros. Dessa maneira, sua obra dialoga tanto com as formas clássicas japonesas quanto com a poesia concreta. Trabalha como procurador do estado e adido cultural em embaixadas brasileiras nos Estados Unidos, Canadá e Japão. Morre em São Paulo, em 1987.

    (Source: Itaú Cultural)

    Luciana Gattass - 04.07.2013 - 01:41